Search Tags for ZygmuntBauman

Comment from Larissa:

5 Hours ago

Comment from Victória Escudero:

14 Hours ago

Comment from Mordağlarınprensesi:

Mutlu sona giden yol dikenlidir ve bu yolu yarasız beresiz atlatmak büyük sabır ve cesaret gerektirir. Sosyoloji kitabinda bile aşkı ve sevgiyi buldum 🙄🙄😃😃😆😅😅 #sosyolojikdüşünmek #zygmuntbauman

14 Hours ago

Comment from The Rossinis:

|Macarrons de l'àvia| Amb comté i cansalada viada. En temps líquids, els podem considerar ja un clàssic barceloní?

16 Hours ago

Comment from Magda Lena:

"Love and morality are not the formula for an easy, trouble-free and convenient existence, nevertheless they are critical conditions for living a meaningful life  and coping with life challenges. Happiness isn't the absence of problems, it's the ability to deal with them". Zygmunt Bauman Deep down inside, we all happen to know, what beauty, love, truth and integrity are. Sometimes we need to take a few layers off, in order to rediscover this place. Yoga and meditation can be great tools for a "soul redecoration". However, there's also the danger of letting them inflate your ego. Following a certain diet, having both time and means to practice yoga and meditating on a daily basis, don't make you more spiritually evolved. You're privileged, so be grateful for that 😊 #yoga #quotestoliveby #quotes #quote #zygmuntbauman #love #morality #grateful #books #bookstagram #bookshelf #bookworm #lovetoread #humble #grateful #mindful #mindfulness #view #beautiful #view #begrategul #ego #meditation

18 Hours ago

Comment from Gabriela da Silva:

18 Hours ago

Comment from Artful Living:

23 Hours ago

Comment from Nayara Palazzo:

1 Days ago

Comment from DINO SIMONETT:

1 Days ago

Comment from DINO SIMONETT:

1 Days ago

Comment from 4COSE:

1 Days ago

Comment from Kátia O. O.:

Li este livro entre setembro e outubro do ano passado. Rascunhei o resumo em novembro e somente agora o terminei. Isso alguns dias após a morte do autor. O livro abre derrubando o termo elite cultural, já que por conta da liquidez do mundo os indivíduos hoje absorvem de tudo um pouco. Com isso, não é mais papel da cultura a divisão de classes, também não lhe cabe moldar as pessoas de acordo com o que se considera 'culto'. A mesma pessoa que gosta de funk, pode gostar de música clássica, de sertanejo universitário e MPB, por exemplo. Esse é o reflexo do mundo líquido, nada mais permanece no estado sólido. Também fala sobre moda e como ela reforça as desigualdades sociais, além de propiciar a perda da individualidade na frenética busca do que é 'novo'. Ela tende ainda a nos levar a inércia de pensamentos. Bauman chega a dizer que é o lugar onde reina a preguiça, já que não precisamos inovar, apenas seguir o que é dito e feito. Lembrou-me muito de Nietzsche e sua descrição de último homem, aquele que pisca o olho e aceita o que lhe está sendo dito. Outro ponto destacado é o processo imigratório, bastante em evidência nos últimos anos, sobretudo na Europa. Quanto mais os imigrantes forem isolados, mais isolados ficarão. Entra a questão da alteridade e do respeito, essenciais para uma boa convivência, já que não há expectativa de as pessoas deixarem de ir e vir. Aliás, ele chega a sugerir que toda a discussão em torno desse assunto é uma estratégia para desviar a atenção do povo. Algo como, 'vamos deixar os pobres discutindo entre eles para que os ricos possam enriquecer em paz.' A intervenção do Estado na cultura é mais um aspecto levantado. Para tanto dá o exemplo da França, que desde a monarquia investe pesadamente em seus artistas. Mas para o autor há um paradoxo: não ser patrocinado e ser livre para criar ou ser patrocinado e adaptar sua criação de acordo com os interesses dos financiadores? E aí? RESUMO NO BLOG 😀 #livrosemotivos #aculturanomundolíquidomoderno #zygmuntbauman #resumo #resenha #blog #livros #books #mundolíquido

1 Days ago